FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Biscoito da Sorte
Aceita um biscoito da sorte? É só clicar e descobrir a surpresa que tem dentro dele pra você!
X
Dos óculos, a lente
Por ela, vorazmente
Luz dentro da retina
Você não imagina...

Minha intensa dor
Andava com torpor
Passos no lajeado
E o peito apertado.

Sangrava bem no fundo
Alfa do fim do mundo
Gritava ao vento quente:
"Dê paz à minha mente!"

No cimento gelado
Marca do meu calçado
Lembro de ter pisado
Quando foi rebocado.
(Trecho da música "Vozes")
Clicando aqui, você ouve a música e assiste ao cllipe
X
– Não tente tapar o sol com a peneira, rapaz. Fica tranquilo, você está mostrando-se coerente. Ficar um tempo sem tomar banho é uma boa técnica. Você deve se sentir importante quando, enfim, toma.

– O tempo é muito escasso: ou eu limpo a minha casa ou eu tomo banho.

– É um problema fácil de resolver: como você tem cara de quem vive em marte, deve ficar pensando na morte da bezerra e demorar no banho. Então, é só deixar a porta do seu banheiro aberta. O vapor do chuveiro não vai deixar a sua casa brilhando, mas vai dar uma boa limpadela. Como eu suponho que a sua casa deva ser pequena, o vapor vai abranger todos os cômodos. Melhor do que nada pra quem vive no chiqueiro.

– Eu já faço isso. Tomo, sempre, banho com a porta aberta.

– porque está quebrada. Eu aposto.Clicando aqui, você lê o texto completo
X
Sou malandro do bem
Vivo em paz, vivo zen
Sempre penso além
Amém, oxalá.

Sai pra lá todo mal
Etcétera e tal
Vou subir um degrau
Pra poder cantar.

A verdadeira malandragem é pensar
Que se faz hoje e amanhã receberá.

Sou do tipo cara esperto
Que só faz o que é certo
Com nome a zelar.

E recebo a recompensa
Bons amigos, vida intensa
E o amanhã virá...Clicando aqui, você lê a letra de música completa
X
Ao coletar os dados iniciais e examinar as informações, detectou que estava pisando em terreno movediço. A companhia turística era gerenciada pela máfia, que perpetrava o seu péssimo procedimento de assassinar os seus concorrentes. Como os seus traços de personalidade eram avessos a pressuposições, não computou nenhum cálculo antes de mergulhar de cabeça no reverso e defrontar-se com as circunstâncias concretas da trama. Sua assistente agendou seu encontro com o senhor Balázs. Quando estacionou o seu automóvel no pátio da empresa Utazás, ficou deslumbrado com tamanha ostentação. O acesso aos corredores que levavam à sala de imprensa era forrado com um tapete persa e totalmente revestido com pastilhas de mármore confeccionadas artesanalmente sob medida.

Ao contrário do que idealizara, o senhor Balázs não o aguardava num espaço propício para conferências. O diálogo ocorreu no camarote supradisposto de um auditório de teatro. Balázs gostava mesmo de exibir seu luxo. No palco, uma encenação de dança erudita era representada. A música, de tão agradável, não era empecilho para a conversa. E os gestos leves dos dançarinos davam o tom pacato para que as interlocuções acontecessem com amenidade. A lonjura considerável daquela instalação da plateia para o cenário também cooperava com a privacidade dos dois.Clicando aqui, você lê o conto completo
X
Eu vi um velho bruxo
Sentado na calçada
Que levantou e disse
O conto de Alice.

Outro lado, espelho
Buraco do coelho
Rosas que eram brancas
Pintadas de vermelho.

Rainha tão maluca
Faz o que dá na cuca
As cartas do baralho
Pra casa um atalho.

O homem falou pra mim
Seguir o coelho branco
Corra até o fim
Nos matos e barrancos.Clicando aqui, você lê a poesia completa
X
Não foi necessário um transcurso significativo de semanas para que o homem da jogatina intelectiva, como ficou popularizado nos círculos publicitários daquele país e também da Austrália, começasse a entesourar uma soma invejável de bens provenientes dos lucros obtidos com as vendas da coleção de cartões temáticos jogáveis.

Valendo-se do crescente produto interno bruto neozelandês e da respectiva prosperidade econômica da nação insular, ele comprou uma fazenda de ovelhas à beira do lago Wakatipu. A vida tornou-se tranquila, com conforto e reconhecimento.Clicando aqui, você lê o conto completo