FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
5
Tenho vontade de chorar
Mas acho que não mereço
De que adianta lágrimas formarem mar
Se os anjos não conhecem o meu endereço?
(Trecho da transcrição da fala do filme "Onde estão os anjos?")
Clicando aqui, você assiste ao filme
5
K
Segundo a minha querida amada, se eu morresse, não haveria nada mais justo, ninguém perceberia a minha ausência e o Planeta Terra passaria bem sem mim, além de que eu seria acolhido no seio do local onde eu merecia morar eternamente: a profundeza dos infernos. Mais peculiarmente, num quartinho especial reservado aos lerdos e paspalhos no qual as chamas ardem mais fortes.Clicando aqui, você assiste ao vídeo
K
9
Seu Luiz podia ser velho, gagá, caduco e semimorto, mas não era um homem mau. Vendo o medo estampado na minha cara, usava toda a sua psicologia senil, vencia a sua catatonia, e, pra tentar descontrair-me, perguntava o que eu havia achado da vitória do Lula.
(Trecho da crônica para rádio "As vaginas que nasceram no meu rosto")
Clicando aqui, você ouve
9
Clique sobre o baralho!