FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
8
Torrado pelo sol
Escuto um rouxinol
Que leva à hipnose
E faz que eu ouça vozes.


Eu ouço vozes
Que me dizem: "Vai"
Eu ouço vozes
Que de dentro sai.Clicando aqui, você lê a poesia completa
8
8
No limiar, onde acabam ruas

Começa o mar das imagens suas

Depois dos postes e dos muros

Há dois dos bosques mais escuros.
(Trecho de uma das obras de Marcelo Garbine que lhe conferiram o Prêmio Cabo Frio de Cultura e Entretenimento)
Clicando aqui, você assiste ao vídeo do evento
8
6
Abri a minha boca pra tentar emendar alguma coisa que me arrebatasse, todavia, antes que as minhas cordas vocais mandassem pra fora qualquer som, ela esbugalhou os globos oculares tresloucadamente e lançou a cabeça pra trás com ímpeto. Imaginei que ela fosse ter um ataque ou algo similar, mas ela deu um grito:
– FAZ SENTIDO!
... E caiu na gargalhada.Clicando aqui, você ouve
6
Clique sobre o baralho!